Rede elétrica e o risco de incêndios

Segundo estimativas dos especialistas, boa parte dos incêndios em casas e apartamentos são causados por problemas na rede elétrica doméstica. Uma situação perigosa, mas que poderia ser evitada com um pouco mais de cuidado por parte dos moradores. Portanto, atenção e cautela são essenciais para evitar acidentes como esses.
Em março desse ano, um desembargador e sua esposa perderam a vida em um incêndio em seu apartamento, no Rio de Janeiro, que pode ter sido causado por uma simples tomada, onde estavam conectados alguns aparelhos. Um defeito ou um curto-circuito pode ter sido o responsável por esse trágico acidente.

Já falamos sobre o uso de Benjamins e seus riscos, mas vale reforçar que eles não são equipamentos seguros e, com uma sobrecarga ou defeito de fábrica, a possibilidade de um curto e o risco de um incêndio tornam-se bem reais. Mas afinal, o que fazer para evitar incêndios causados pela rede elétrica?

Além de uma boa revisão na parte elétrica da sua residência (clique aqui para conferir nossas dicas), o uso dos benjamins deve ser descartado. O ideal é substituí-los por equipamentos como os Dispositivos de Proteção contra Surtos da Clamper (DPS), que foram desenvolvidos para resistir aos surtos elétricos e proteger seus aparelhos e sua família.

A falta desses cuidados básicos cria riscos enormes e os prejuízos extrapolam o material, colocando em perigo as pessoas que amamos. Portanto, a Clamper aconselha a todos que fiquem atentos, revisem a parte elétrica de suas casas e invistam em produtos que possam, de fato, garantir sua segurança.

Fonte: http://www.clamper.com.br/blog/category/prevencao/